WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set   nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


Sudoeste: Fazendeiro deixa população sem água para irrigar 1 milhão de pés de café

Após denuncias da população e entidades que defendem o meio ambiente, foi identificado uma propriedade rural no município de Encruzilhada localizada no sudoeste baiano, uma barragem no Rio Água Preta que retinha praticamente toda água do rio, simplesmente para irrigar  uma lavoura de café e que deixou a população do Município de Encruzilhada-BA  sem água.





Uma ação movida nesta sexta-feira, 27/10, pelo INEMA e a Secretaria de Meio Ambiente de Encruzilhada, acompanhada pela Polícia Militar, se dirigiram ao local e constataram a veracidade da denúncia, onde foi dada a ordem de quebrar a barragem e liberar a água. Na fazenda havia uma grande estrutura da monocultura de café, foram contabilizados na  cerca de 1 milhão de mudas de café em viveiros, sem contar a quantidade dos pés de café adultos, todos eram irrigados com a água barrada, com esse ato irresponsável, a cidade ficou com o consumo de água completamente comprometida.

O Rio Água Preta é um afluente importante do Rio Pardo, mais que vem sofrendo impactos ambientais causados pela ação do homem em destruição da natureza, assim  também vive o Rio Pardo, a beira da morte, sofrendo com a força dos latifundiários, cafeicultores da região, no município de Cândido Sales cidade vizinha a Encruzilhada, na divisa com Minas Gerais a população vive o mesmo drama de enfrentamento a esses capitalistas.



A ONG. Reflorestar & Renascer e o CEAS (Centro de Estudos e Ação Social) travam-se uma luta  incansável em defesa dos recursos hídricos desde a nascente do Rio Pardo a sua foz, acompanhando os impactos que vem acontecendo em todos os afluentes do Rio Pardo e buscando soluções juntos aos ribeirinhos.

IsrraelDamaceno/ItapetingaNotícias

1 resposta para “Sudoeste: Fazendeiro deixa população sem água para irrigar 1 milhão de pés de café”

  • Dilma says:

    É desumano, um absurdo imenso ver essa quantidade de água a serviço de uma pessoa ignorante, sem visão de empreendedorismo, um egoísta… enquanto que uma população fica sem abastecimento de água. Ele pensa que as pessoas são como ele, mas aqui tem muitas pessoas que, ao contrário dele ou deles, desses “empresários do café” fazendeiros,tem conhecimento e sabem reivindicar seus direitos. Vamos mobilizar Encruzilhada para buscar soluçao para esse problema agora para que no futuro não estejamos do mesmo jeito.

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia