O ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado (PT) permanece foragido desde o dia 4 deste mês, quando teve a prisão mantida pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ), e, ao que parece, a situação está cada vez mais complicada.

De acordo com a Coluna Satélite, a defesa de Machado impetrou um novo habeas-corpus no Superior Tribunal de Justiça, mas caiu nas mãos do ministro Nefi Cordeiro, relator da Operação Adsumus na Corte. Em todos os casos sob sua análise, os acusados pelo esquema de corrupção em cidades do Recôncavo tiveram os recursos negados.