Mãe de um menino de dois anos, Michele da Hora de Melo, 23, foi assassinada, de acordo com relatos de parentes, após sofrer violência sexual do namorado, um adolescente de 17 anos, na tarde desta terça-feira (7). O crime aconteceu no quarto da casa onde ela morava com o rapaz e a criança, uma pequena construção de apenas dois vãos, localizada na Travessa Dois de Julho, no bairro de Areia Branca, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O corpo franzino da vítima foi encontrado, segundo parentes, com sinais de enforcamento, abuso sexual e cortes feitos por uma arma branca. Segundo a polícia, o suspeito, que é procurado, teria usado uma corda para enforcar Michele e utilizado uma faca (tipo peixeira) para fazer as perfurações na cabeça e na altura do peito.

Os policiais também acreditam que a jovem tenha sofrido abuso sexual, tudo isso na frente da criança. Após parentes chegarem na casa, o garoto, assustado, teria dito aos algumas palavras. “Ele matou a minha mãe. Ele matou a minha mãe”, lembra a dona de casa Rosileide da Hora de Melo, 25, irmã da vítima.

Relacionamento
Parentes de Michele disseram ao CORREIO que ela conheceu o suspeito pela internet e há cerca de dois meses o convidou para morar em sua casa, onde vivia com o filho, fruto de um outro relacionamento.

Os três dividiam o mesmo imóvel e o crime aconteceu em um cômodo usado como quarto pela mãe, o filho e o namorado.

O suspeito de tirar a vida da jovem, ainda de acordo com a família de Michele, é natural de Serrinha, no Centro-Norte do estado. O rapaz completa 18 anos em dezembro deste ano. Embora estivesse junto, dividindo a mesma casa com Michele, a família dela sabia muito pouco sobre o suspeito.

Informações Correio