WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘coelba’

Contas de luz voltarão a ser pagas nas lotéricas a partir de segunda

O impasse entre a Coelba e a Caixa Econômica Federal sobre o pagamento das contas de energia nas casas lotéricas chegou ao fim. A partir de segunda-feira (16) os consumidores baianos poderão se dirigir a uma das loterias e quitar a dívida.

A concessionária também suspendeu os cortes de energia na Bahia por cinco dias. Ou seja, até terça-feira (17) nenhum cliente que esteja com suas faturas em atraso em decorrência especifica do descredenciamento das lotéricas poderá ter a energia cortada. A ação foi recomendada pelo Ministério Público da Bahia (PRE-BA).


Em nota, a Coelba informou que apresentou nova proposta para a Caixa Econômica. A empresa disse também que entende que a situação gerada se tornou incompatível com a qualidade do serviço e lamentou os transtornos causados.

:: LEIA MAIS »

Brasil: Câmara dos deputados aprova isenção da conta de luz para famílias de baixa renda

Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a sessão desta terça (10) (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (10) a isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda. A medida foi aprovada durante a votação do projeto que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.

O texto-base da proposta já havia sido aprovado na semana passada, mas os deputados ainda precisavam analisar os destaques (possíveis mudanças ao texto original) para concluir a votação. Durante a análise dos destaques, os deputados modificaram as regras da chamada Tarifa Social.


Pela proposta, serão beneficiadas as famílias: com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo; e que consumirem até 70 kwh/mês. O texto define, ainda, que a gratuidade será custeada pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Atualmente, os descontos para famílias de baixa renda são calculados com base no consumo, que vai de 30 kwh/mês a 220 kwh por mês, em que o desconto varia de 10% a 65%. Pela lei atualmente em vigor, somente indígenas e quilombolas cujas famílias são consideradas de baixa renda têm direito ao desconto de 100% na conta de luz.

Com a conclusão da votação do projeto, nesta terça, o texto seguirá para votação no Senado e, em seguida, para sanção presidencial.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia