O presidente da Petrobras, Pedro Parente, comunicou ao presidente Michel Temer (MDB) a sua demissão do cargo da empresa. O fato foi noticiado pelo Infomoney.

Enquanto as ações da Petrobras caem 12%, as da Brasil Foods sobem 5%. Poderia ser apenas uma movimentação normal do mercado financeiro, mas a dinâmica acendeu novos olhares, que acreditam que o panorama pode ser resultado de uma iminente saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente, para a Brasil Foods.

 Como evidências, além de ser presidente do conselho da empresa, Parente fez uma jogada na Petrobras que havia afirmado que não faria: após pressões do governo, fixou o valor do combustível durante 15 dias e reduziu em 10% o valor do diesel nas refinarias. Ou seja, a política de não interferência do governo na empresa, teria sido descumprida pelo presidente Michel Temer, o que poderia provocar a troca da presidência da Petrobras pela da Brasil Foods.