Dois são o número de pessoas mortas no acidente ocorrido após um caminhão invadir um ponto de ônibus no bairro do Trobogy por volta de 6h40 desta terça-feira (17). A babá Vanessa Brito Santos, 28 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital do Subúrbio de Salvador. com múltiplas fraturas, mas morreu às 11h50 no centro cirúrgico da unidade de saúde. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do hospital.


O caminhão desgovernado atropelou seis pessoas, na Rua Mocambo, no bairro do Trobogy – uma das vítimas morreu no local. O motorista do veículo, de transporte de entulhos, perdeu o controle da direção, subiu a calçada, invadiu um ponto de ônibus e só parou dentro de um posto de gasolina.

De acordo com testemunhas, o caminhão trafegava pela Avenida Aliomar Baleeiro, sentido Paralela, em alta velocidade e, após entrar na curva, na Rua Mocambo, tentou desviar de um coletivo. O caminhão então invadiu o ponto de ônibus em frente ao posto de combustível BR, atropelando os pedestres.

A vítima primeira vítima fatal foi identificada como Elinaldo Gonçalves, 53 anos. Ele estava caminhando em direção ao trabalho quando foi atropelado. Elinaldo trabalhava há 20 anos como porteiro no condomínio Asa que fica na Rua Ubirajara Rebouças. Ele morava no bairro da Nova Brasília e ia, todos os dias, a pé, para o serviço.


Os feridos receberam no local atendimento de equipes do Samu: Vanessa, com múltiplas fraturas, foi levada para o Hospital do Subúrbio, onde morreu às 11h50.  Débora Dias, 26, foi encaminhada para o Hospital Eládio Lasserre, com escoriações. A terceira vítima, Samira Mercês de Souza, 16, foi socorrida por uma ambulância do Salvar para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Duas adolescentes de 16 anos foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Salvador: Gleiciane Santos Rocha, com suspeita de fratura na bacia, e Carine Barbosa dos Santos, com escoriações. As duas estudantes estão em situação estável.

O caminhão, de placa PKT 2922, pertence à empresa Dynâmica Engenharia. O motorista Maurício Costa foi levado para a 10ª Delegacia (Pau da Lima), onde presta depoimento.

Informações do Correio 24 horas