A população do município de Encruzilhada, situada no sudoeste baiano, vem sofrendo há anos, com o desabastecimento de água, devido a crise hídrica que assola a região. Um dos motivos é o descaso do poder público, onde tem deixado populares revoltados, com o desinteresse da EMBASA e, com a falta da destinação de recursos para o município referente ao caso.

A crise se deu principalmente pela baixa vazão das águas do Rio Pardo, gerada pelo desmatamento, irrigações ilícitas e, falta de planejamento do órgão responsável pelo abastecimento municipal, o Pardo é a principal fonte de água para abastecimento do município.

Ao sofrerem amargamente por vários dias, sem ver cair uma gota d’água nas torneiras de suas residencias, sendo ainda cobrado a tarifa de água todo mês, populares tomaram uma atitude inusitada nesta quarta-feira 17/10, retiraram os hidrômetros das suas casas em protesto, por não aguentar pagar a tarifa de água, recebendo apenas via carro pipa, uma água não potável.

Os moradores disseram que chegaram no limite, não dá pra buscar água suja com balde na cabeça e ainda enfrentar uma fila imensa, sob muita humilhação, tendo ainda que pagar caro por isso. Segundo os moradores a EMBASA (Empresa Baiana de Saneamento) de Encruzilhada, não toma nenhuma providência em se preparar para os dias de estiagem no município, o prefeito da cidade disse que já recorreu ao Estado, mas até o momento, nada.

 Cansados de esperar pelos principais responsáveis que são os governantes, populares se reuniram para construir uma barragem, sem nenhum apoio político, nem tampouco o da EMBASA, com isso terá uma reserva de água que durará por mais tempo nos dias de estiagem, resta agora as bençãos da chuva.

O apoio veio unicamente da população da cidade, comerciantes e pessoas comuns, fizeram doações de materiais e juntos meteram a mão na massa, concluindo essa maravilhosa barragem, que enche de orgulho cada cidadão encruzilhadense, dando grande exemplo aos governantes descompromissados, provando que, quem tem vontade de fazer, simplesmente FAZ.

Isrrael Damaceno/ Itapetinga Notícias com info. Ribeirão Notícias