A comissão de saúde da Câmara Municipal, composta pelos Vereadores Marcio Piu, Sg. Alberto e Anderson da Nova, receberam portada na cara pela Diretoria da Fundação José Silveira, entidade administradora do Hospital Cristo Redentor de Itapetinga, ao tentarem fiscalizar as finanças da Fundação, por motivo de a FJS receber mensalmente repasses de verbas da Prefeitura Municipal.

Mas, segundo informações, a insistência das idas da comissão de vereadores no Hospital Cristo Redentor em buscas de apuração financeira da Instituição, acabou encorajando profissionais da saúde a abrirem o bocão. Circula nos corredores do HCR Fundação José Silveira, que os médicos estariam pelo menos com 5 meses de salários atrasados, gerando uma revolta dos profissionais para com a Diretoria da FJS.

Os Vereadores estão até o momento sem serem recebidos pelo Diretor da Fundação Leonardo Matos, ninguém por lá, atende os nobres Vereadores que cumprem de fato o exercicio da função “Fiscalizar”. Quanto a Secretaria de Saúde, os vereadores estiveram com o Secretário Danylo Patês a saber se a Prefeitura está em dias com a Fundação, foi comprovado que todos os repasses foram feitos da Secretaria para a FJS e que se encontra totalmente em dias com os respectivos repasses de verbas.

A nossa reportagem tentou contato com o departamento de comunicação da FJS, fomos informados que o responsável pela assessoria de comunicação não comparece no local de trabalho e, nem sabem quem de fato é o assessor, pois nunca se apresentou por lá.

Isrrael Damaceno / Itapetinga Notícias