O 3° Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa) 2019 de Itapetinga, divulgado nesta terça-feira, 13, pela Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica, apresentou o resultado de 2,8%. O resultado é considerado de médio risco, de acordo o Ministério da Saúde.

A pesquisa foi feita entre o dia 1° a 10 de agosto, após a visita em 1.307 casas. A ação comprovou que o interior das residências continua sendo o principal local de proliferação do mosquito

A Coordenação de Endemias  informou que as ações de combate e prevenção ao mosquito, desenvolvidas pelos agentes estão sendo importantes para queda significativa do índice de infestação na cidade. Durante todo o ano foram feitas visitas domiciliares e trabalhos de conscientização nas escolas, creches, distritos e com a população. O resultado é uma taxa baixa de incidência da doença na cidade.

“Para que possamos reduzir ainda mais os nossos índices, solicitamos à população uma participação efetiva na retirada de entulhos e lixos. Não deixem água parada, tapem corretamente sua caixa d’água, limpem os terrenos de forma correta. Estamos caminhando, mas ainda há muita batalha nessa guerra contra a dengue”, orienta Márcio Ribeiro.

Ascom-PMI