O prefeito Rodrigo Hagge esteve na manhã desta segunda-feira, 19, junto com secretários e vereadores, visitando as lagoas de decantação de esgoto de Itapetinga. Após o projeto de lei que desafetou terras do município para permutas, a administração conseguiu alojar as famílias, antes instaladas irregularmente ali, em outro ambiente no qual será criada uma horta comunitária. Assim, a área destinada ao tratamento do esgoto ficou liberada para reativar um projeto que previa sanear todo o município.

Em 2005, o então prefeito Michel Hagge iniciou um projeto grandioso que trataria o esgoto da cidade e livraria o Rio Catolé da poluição derivada dos domicílios. O projeto, no entanto, foi abandonado desde o final da sua gestão. Na época, a prefeitura celebrou um convênio de cerca de 7 milhões de reais. O governo investiu 5 milhões na construção das lagoas e na ligação de boa parte da tubulação que levaria o esgoto das casas a elas e, após tratada, da água limpa ao leito do rio. Desde 2007, no entanto, nenhuma intervenção foi feita para concluir a obra.

Agora, o prefeito Rodrigo Hagge fez uma readequação do projeto para utilizar a verba ainda remanescente (cerca de 2 milhões) e recuperar parte do projeto. Como ficou muito tempo sem atenção, as lagoas encontram-se em alto nível de degradação. Assim, inicialmente, o governo municipal recuperará uma das nove lagoas, preparará uma estação elevatória no Quintas do Sul que levará o esgoto para a área recuperada, além de fazer uma expansão da rede e instalação de filtros.

Durante a visita, o prefeito reafirmou o propósito de resgate do município. “Desde a campanha, eu venho dizendo que a nossa gestão seria de recuperação: dos projetos, das praças e avenidas, das obras não finalizadas e, principalmente, da auto estima e qualidade de vida da população. Me angustia ver uma obra tão grandiosa, tão importante para a saúde e o meio ambiente, deixada de lado. Nós vamos dar início ao trabalho de recuperação das lagoas para devolver, mais uma vez, o bem estar à população e a qualidade das águas ao nosso rio”, garantiu o prefeito.

Ascom-PMI