A escola municipal Esther Ferraz celebrou, na manhã desta quinta-feira, 03, a culminância do projeto EcoKids. O projeto de educação ambiental – idealizado e realizado pelo Ministério Público, com apoio da prefeitura de Itapetinga – busca levar às escolas conscientização sobre o papel de cada um na construção de um mundo mais sustentável.

Assim, durante todo o ano, a Escola Esther Ferraz realizou ações que mostrassem a importância de pequenas atitudes transformadoras. Os alunos receberam, por exemplo, a visita de representantes da Coelba e do SAAE para falarem sobre consumo consciente de energia e água. Hortas e jardins foram criados para aproximar as crianças da natureza e oferecer um espaço mais agradável de lazer dentro da escola. A horta ainda fornece alimento para uma alimentação saudável e muito mais rica.

Para além das paredes da escola, os alunos fizeram uma parada ecológica pelo bairro, foram às margens do Rio Catolé, empunharam faixas e cartazes sobre a necessidade de preservá-lo.

As crianças ainda fizeram cartas para o prefeito pedindo a reabertura da Matinha e a requalificação da praça Henrique Brito, onde está localizada a escola. Na cerimônia de lançamento da Revista EcoKids – produto final do projeto – o secretário de educação, Geraldo Trindade, falou da importância de entendermos que o planeta somos todos nós. Segundo Geraldo, o prefeito Rodrigo Hagge garantiu atender o pedido dos meninos.

Presente no evento, a Promotora Pública Karina Cherubini elogiou o trabalho e atuação permanente da escola itapetinguense.

Ascom-PMI www.itapetinga.ba.gov.br