A Câmara Municipal de Itapetinga suspendeu, nesta segunda-feira (23), as sessões ordinárias e o seu funcionamento administrativo por tempo indeterminado. A nova medida de prevenção ao coronavírus foi estabelecida por meio da Portaria Nº 682/20, assinada pela presidenta Naara Duarte.

As sessões serão convocadas imediatamente caso ocorra situação emergencial do Município. Os servidores e prestadores de serviço do Poder Legislativo Municipal permanecerão de sobreaviso, aguardando a qualquer momento o chamado para o serviço. A exceção é para os vigilantes, que trabalham em escala de revezamento.

As medidas adotadas pela Câmara Municipal estão alinhadas com as recomendações da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia e Prefeitura Municipal de Itapetinga.

Após o registro do terceiro caso suspeito de coronavírus em Itapetinga, o prefeito decretou Situação de Emergência para o enfrentamento da pandemia, e, no último dia 20, o Ministério da Saúde declarou que todo o território nacional está sob o status de transmissão comunitária do coronavírus.

De acordo com Naara Duarte, desde a semana passada, a Câmara Municipal vem adotando medidas para prevenir o coronavírus e contribuir para a conscientização da população sobre os cuidados necessários para se proteger da doença.

Por meio de outra portaria (680/20), de 16 de março de 2020, a presidência da Casa já havia suspendido sessões especiais, audiências públicas e outros eventos agendados para o plenário e, além disso, reforçado internamente ações de orientação, prevenção, etiquetas de contato e medidas de higienização da sede do Poder Legislativo. Os setores receberam álcool gel, informativo e equipamentos necessários para a proteção individual (EPI).

Ainda segundo a presidenta, as providências foram tomadas para resguardar a saúde e a segurança de todos neste momento em que a união faz a diferença na prevenção da Covid-19. Ela lembra que Itapetinga não tem casos confirmados da doença até o momento, mas aconselha que todos sigam as orientações do Ministério da Saúde sobre as medidas básicas de higiene e isolamento social.

Entre as principais recomendações do Ministério da Saúde está o isolamento de pessoas com mais de 60 anos e daquelas que apresentam sintomas de gripe. As demais devem reduzir a circulação nas ruas e colaborar para diminuir a transmissão do coronavírus.

Ascom-Câmara