As aulas na rede municipal de educação de Itapetinga foram suspensas desde o dia 18 de março por conta da Pandemia. Nesse período longe da sala de aula, os professores têm tentado manter o vínculo com os alunos, propondo atividades de forma remota. Para aqueles que têm dificuldade de acesso à internet, algumas escolas têm, ainda, disponibilizado atividades impressas.





Nesta segunda-feira, 27, por exemplo, a Escola Ismael Cruz entregou livros de histórias, além de atividades que ajudarão as crianças a acompanharem os conteúdos. Como muitos alunos moram no residencial 12 de Dezembro, a escola disponibilizou ainda o material para ser retirado, também, na Creche Marvione Macedo. A ideia é aproximar os alunos da educação da melhor forma possível.

Neste segundo semestre, as escolas estão ampliando as ações e traçando estratégias que contemplem um número ainda maior de estudantes. “A gente sabe das dificuldades que os alunos da rede pública encontram para acompanhar as atividades online. Faltam-lhes equipamentos, internet, além de um necessário acompanhamento específico. Mas estamos nos estruturando para tentar atender a maioria dos nossos estudantes. Não tem sido fácil, mas passaremos por isso juntos”, falou a secretária Ieda Xavier.